References of "Sturnack, Lionel"
     in
Bookmark and Share    
Full Text
See detailObservation des acteurs et de la dialectique comme marqueurs du genre dans la pratique scientifique
Sturnack, Lionel ULg

Conference (2013, April 20)

Avec ce travail, nous proposons de porter une réflexion sémiotique sur le genre dans le domaine de la médecine clinique.

Detailed reference viewed: 24 (2 ULg)
Full Text
See detailEsthétique des os : la dimension réflexive des radiographies érotiques
Sturnack, Lionel ULg

Poster (2012, September)

L’analyse portera sur une œuvre de l’artiste italienne Benedetta Bonichi, titrée Striptease. Il s’agit d’une réalisation à mi-chemin entre les procédés de la photographie et ceux du rayon-x, présentant un ... [more ▼]

L’analyse portera sur une œuvre de l’artiste italienne Benedetta Bonichi, titrée Striptease. Il s’agit d’une réalisation à mi-chemin entre les procédés de la photographie et ceux du rayon-x, présentant un modèle féminin dans une pose érotique. L’objectif de la présentation sera d’exposer le discours réflexif qui se développe dans Striptease, grâce à la décomposition de sa complexité énonciative et figurative. L’œuvre sera envisagée à l’intérieur d’un ensemble de productions artistiques issues des procédés de la radiographie. En première instance, nous procéderons à une description de l’œuvre sous l’aspect des formants plastiques qui la composent et de leur organisation particulière. Cette première partie, brève, sera menée en accord avec les propositions de Jean-Marie Floch dans Petites mythologies de l’œil et de l’esprit et dans Formes de l’empreinte. Elle permettra d’obtenir une base descriptive stable au sein de laquelle d’autres radiographies artistiques pourront être envisagées. Ainsi, six œuvres d’artistes de différents horizons, dont celle de Benedetta Bonichi, seront abordées afin d’exposer différents types de variations repérables sur la base de la description plastique effectuée précédemment. Sous ces préalables, il sera possible de catégoriser quelques variations remarquables dans un ensemble d’œuvres homogène du point de vue de ses procédés énonciatifs. Enfin seront approfondies plus longuement les relations notables entre trois niveaux thématiques, tels qu’ils ont été définis par François Rastier dans Systématique des isotopies, où l’auteur propose une lecture sémantique faisant se croiser trois thèmes (pratique, mythique et métalinguistique) qui structurent un texte. Ces relations, également observables dans les travaux mis en analyse, permettront de systématiser leur approche, en soulignant les tensions particulières qui s’y tissent. Aussi, dans cette dernière approche, l’étude se focalisera sur trois œuvres partageant à la fois les mêmes procédés énonciatifs issus de la radiographie, et à la fois le même thème figuratif ou mythique. En l’occurrence, l’érotisme sera interrogé dans son dialogue avec les procédés du rayon-x dans trois compositions, de Benedetta Bonichi, de Wim Delvoye et de l’agence publicitaire Butter. Différents aspects de ce dialogue thématique seront développés, avec un accent particulier sur la complexité du travail de la photographe italienne, dont la portée réflexive questionne le domaine du visuel, notamment sous l’aspect de l’outillage scientifique qui s’y inscrit. [less ▲]

Detailed reference viewed: 61 (4 ULg)
Full Text
See detailAs relações imagem/legenda na astrofísica à luz da semiótica tensiva
Sturnack, Lionel ULg

Conference (2012, July 05)

PROPOREMOS NESTE TRABALHO EFETUAR A ANÁLISE TENSIVA DE TRÊS TIPOS DE TEXTOS QUE PERTENCEM AO DISCURSO CIENTÍFICO LATO SENSU DA ÁREA ASTROFÍSICA: O DISCURSO DA CIÊNCIA EM LABORATÓRIO, DA CIÊNCIA EM ARTIGOS ... [more ▼]

PROPOREMOS NESTE TRABALHO EFETUAR A ANÁLISE TENSIVA DE TRÊS TIPOS DE TEXTOS QUE PERTENCEM AO DISCURSO CIENTÍFICO LATO SENSU DA ÁREA ASTROFÍSICA: O DISCURSO DA CIÊNCIA EM LABORATÓRIO, DA CIÊNCIA EM ARTIGOS ESPECIALIZADOS E DA CIÊNCIA EM ARTIGOS DE VULGARIZAÇÃO. OS TRÊS DISCURSOS PERTENCEM À MESMA VONTADE DE CONSEGUIR DESCREVER AS IMAGENS, SEGUNDO VÁRIAS MODALIDADES. POR ISSO SE PODEM CHAMAR DISCURSOS DE LEGENDA. ISSO SIGNIFICA QUE PARTICIPAM DO MESMO MOVIMENTO QUE TENTA DEFINIR A COMPOSIÇÃO E O SENTIDO DAS IMAGENS. O PROCESSO É MAIS AMPLO NO CASO DO DISCURSO DE LABORATÓRIO, JÁ QUE CORRESPONDE À PRIMEIRA TENTATIVA DE INTERPRETAÇÃO DAS IMAGENS, ENQUANTO OS DEMAIS, SENDO ESCRITOS EM ARTIGOS, ESTÃO NUM ESTÁGIO POSTERIOR, NO QUAL AS FORMAS ESTÃO ESTABILIZADAS. O PROPÓSITO É DE ANALISAR OS TRÊS DISCURSOS COM AS FERRAMENTAS PROPOSTAS PELA SEMIÓTICA TENSIVA, TAL COMO FOI DESENVOLVIDA POR CLAUDE ZILBERBERG E JACQUES FONTANILLE. O OBJETIVO CORRESPONDE A ESTABELECER OS CRITÉRIOS TENSIVOS SOBRE OS QUAIS PODERÍAMOS EFETUAR UMA DIFERENCIAÇÃO GENÉRICA ENTRE OS DISCURSOS ANALISADOS, DIFERENCIAÇÃO ESTABELECIDA SOBRE UMA BASE TENSIVA. UM OUTRO OBJETIVO, QUE SERIA MAIS LATERAL, SERÁ TAMBÉM RECONHECER ALGUMAS PERGUNTAS ESPECÍFICAS QUE PROPÕE O OBJETO À SEMIÓTICA TENSIVA. PRETENDEMOS ENTÃO DESEMBOCAR EM UMA SISTEMATIZAÇÃO DAS DIFERENÇAS ENTRE ESTES DISCURSOS, QUE ESTARIA ALÉM DAS CONSIDERAÇÕES ARGUMENTATIVAS OU FIGURATIVAS, E SUSTENTARIA POR CONSEGUINTE OS MAIS RECENTES DESENVOLVIMENTOS DA SEMIÓTICA, APLICADA À IMAGEM CIENTÍFICA. UMA CARACTERIZAÇÃO TENSIVA DESSES TEXTOS AJUDARIA A COMPREENSÃO DO CAMPO DISCURSIVO ASTROFÍSICO QUE IRIA ALÉM DA DISTINÇÃO A PRIORI, BASEADA NO LUGAR DE ENUNCIAÇÃO E NO TIPO DE RECEPÇÃO. UMA ANÁLISE MAIS PROFUNDA DAS ESTRUTURAS TENSIVAS DE CADA UM LEVARIA EM CONSIDERAÇÃO OS TIPOS DE APRESENTAÇÃO E DE DINAMISMO DOS CONTEÚDOS PRÓPRIOS PARA CADA TIPO, OFERECENDO UMA BASE ESTÁVEL DE DIFERENCIAÇÃO. POR ISSO, USAREMOS CINCO CONCEITOS FUNDAMENTAIS DA SEMIÓTICA TENSIVA: OS MODOS DE PRESENÇA, OS MODOS DE EFICIÊNCIA, OS MODOS DE EXISTÊNCIA, OS MODOS DE JUNÇÃO E A FIDÚCIA. O ÂMBITO SEMIÓTICO NO QUAL SE COLOCA A NOSSA PESQUISA, JÁ BASTANTE DESENVOLVIDO, É O DA SEMIÓTICA DA IMAGEM CIENTÍFICA. APOIANDO-NOS EM DONDERO, BORDRON E LATOUR, ESCLARECEREMOS O LUGAR DO NOSSO TRABALHO ENTRE AS QUESTÕES RELATIVAS AO CAMPO DE ESTUDO SEMIÓTICO DAS IMAGENS E DOS DISCURSOS CIENTÍFICOS. O ÂMBITO PARTICULAR NO QUAL NOS SITUAMOS NA SEMIÓTICA DAS IMAGENS CIENTÍFICAS É O DAS CHAMADAS “PRÁTICAS DE INSTANCIAÇÃO” EM QUE SE RECONHECEM TRÊS ETAPAS QUE ESTRUTURAM AS PESQUISAS CIENTÍFICAS EM GERAL: INTERROGAÇÃO, ESTABILIZAÇÃO E INSTITUCIONALIZAÇÃO (DONDERO, 2010). AS ANÁLISES QUE FAREMOS PRETENDEM DESCREVER E DISTINGUIR OS PROCESSOS DO DINAMISMO DOS CONTEÚDOS IMPLICADOS NESTES TRÊS NÍVEIS DO FLUXO DA PESQUISA. SOB OS PREÂMBULOS DA ANÁLISE TENSIVA, PRETENDEMOS EXPLICITAR EM PRIMEIRO LUGAR ALGUMAS TENDÊNCIAS DOS DISCURSOS NO NÍVEL MACROSCÓPICO DA PESQUISA E ALGUMAS ORIENTAÇÕES PARTICULARES DOS DISCURSOS ISOLADOS NO NÍVEL MICROSCÓPICO. POR FIM, CONSEGUIREMOS ORGANIZAR O CAMPO DISCURSIVO ANALISADO EM FUNÇÃO DE DOIS ELEMENTOS. POR UM LADO, SEGUINDO LOUIS HÉBERT (2009), DISTINGUIREMOS ENTRE CARÁTER ANALÍTICO OU SINTÉTICO DA COMPOSIÇÃO DO VALOR DOS OBJETOS. POR OUTRO LADO, EFETUAREMOS A DIFERENCIAÇÃO ENTRE DOIS CAMPOS, O SABER E O CRER, NOS QUAIS DE DESENVOLVEM A IMPLICAÇÃO E A CONCESSÃO, AS OPERAÇÕES LÓGICAS RECONHECIDAS PELA SEMIÓTICA TENSIVA. FINALMENTE SERÃO IDENTIFICADAS OS MOVIMENTOS TENSIVOS PRÓPRIOS PARA CADA DISCURSO. [less ▲]

Detailed reference viewed: 10 (1 ULg)
Full Text
Peer Reviewed
See detailAnálise tensiva das relações imagem/legenda na astrofísica
Sturnack, Lionel ULg

in CASA : Cadernos de Semiótica Aplicada (2012), 10(1),

A descrição semiótica que proporemos, neste trabalho, incide sobre três tipos de textos de legenda que pertencem ao discurso científico lato sensu da área astrofísica. O propósito é analisá-las com as ... [more ▼]

A descrição semiótica que proporemos, neste trabalho, incide sobre três tipos de textos de legenda que pertencem ao discurso científico lato sensu da área astrofísica. O propósito é analisá-las com as ferramentas propostas pela semiótica tensiva, desenvolvida por Claude Zilberberg e Jacques Fontanille, a fim de estabelecer os critérios tensivos sobre os quais poderíamos efetuar uma diferenciação genérica entre estes discursos. [less ▲]

Detailed reference viewed: 23 (1 ULg)
Full Text
Peer Reviewed
See detailA raposa, o queijo e o corvo: análise à luz da semântica interpretativa de uma fábula de Jean-Pierre Verheggen
Sturnack, Lionel ULg

in Estudos Semióticos (2012), 8(1), 25-42

Le texte sur lequel nous nous penchons dans cette analyse de sémantique interprétative fait partie du recueil On n’est pas sérieux quand on a 117 ans et se situe dans la section « Portrait de l’artiste en ... [more ▼]

Le texte sur lequel nous nous penchons dans cette analyse de sémantique interprétative fait partie du recueil On n’est pas sérieux quand on a 117 ans et se situe dans la section « Portrait de l’artiste en enfant idiot » dudit recueil. Cette section comporte des textes relatifs à des souvenirs de l’enfance de l’auteur. Le texte étudié apparait d’emblée être un pastiche de la fable « Le corbeau et le renard », de La Fontaine. En effet, quelques formules phares de la fable originale ont été conservées, les acteurs y sont semblables et, bien que détourné, le procès y est identique. Une première étape, brève, consistera en la démonstration de cette parenté avec la fable d’origine. Il s’agira ensuite d’effectuer une première lecture, toute symbolique, de la fable étudiée afin d’en caractériser l’impression référentielle et en voir les effets produits. Enfin, nous nous attacherons à relire la fable à la manière dont le texte lui-même semble le proposer, en en extrayant des faisceaux isotopiques sous-jacents. Il s’agira, au terme de l’analyse, de mettre en lumière à la fois des procédés formels et des récurrences sémantiques à l’œuvre chez Verheggen. À cette fin, nous proposons d’étendre l’analyse thématique aux dénominations des isotopies et de composer les molécules sémiques sur cette base nouvelle. [less ▲]

Detailed reference viewed: 200 (1 ULg)
Full Text
See detailPerspectivas para um estudo semiótico das relações entre discursos e imagens na radiologia
Sturnack, Lionel ULg

Conference (2012, May 28)

O texto apresenta as perspectivas do meu projeto de tese dedicado a um estudo semiótico das relações entre imagens e discursos da radiologia. Desenvolvi a apresentação segundo três eixos. 1. Apresentei o ... [more ▼]

O texto apresenta as perspectivas do meu projeto de tese dedicado a um estudo semiótico das relações entre imagens e discursos da radiologia. Desenvolvi a apresentação segundo três eixos. 1. Apresentei o propósito geral do projeto ; 2. situei o projeto dentro dos domínios do conhecimento nos quais enscreve-se : a semiótica e a medicina ; 3. Descrevi os propósitos específicos do meu projeto dentro dos âmbitos epistemológicos apresentados. [less ▲]

Detailed reference viewed: 21 (1 ULg)
Full Text
Peer Reviewed
See detailPrazeres do raio-x: estudo de um striptease radiográfico
Sturnack, Lionel ULg

Conference (2012, April 18)

O striptease que propomos analisar é na verdade o título de uma obra que pertence à produção da artista italiana Benedetta Bonichi. Trata-se de uma composição mista, a meio caminho entre os raios-x e a ... [more ▼]

O striptease que propomos analisar é na verdade o título de uma obra que pertence à produção da artista italiana Benedetta Bonichi. Trata-se de uma composição mista, a meio caminho entre os raios-x e a fotografia. “Striptease” chamou a nossa atenção por várias razões. Com certeza, por seu caráter surpreendente, sendo uma cena erótica e ao mesmo tempo uma radiografia. Mas também por sua estética particular em relação aos outros artistas que desenvolvem uma técnica similar. O propósito de nossos passos é levar em consideração o lugar da obra estudada no espaço de realizações em raio-x artístico, numa perspectiva semiótica. Pretendemos desta maneira chegar à descrição fina de “Striptease, por meio do estabelecimento de um conjunto de formantes plásticos estáveis funcionando como base sobre a qual se correlacionam e se diferenciam os raios-x artísticos estudados. Por isso, desenvolveremos o estudo segundo três etapas gerais. Com a primeira, tentaremos efetuar uma descrição de “Striptease” segundo os três eixos da leitura plástica padrão, tal como foram trabalhados por Jean-Marie Floch: cromático, eidético e topológico. Na segunda etapa, adotaremos o mesmo ponto de vista para a descrição plástica de cinco obras de quatro outros artistas. O interesse da segunda parte consiste em ver como se atualizam as unidades plásticas em cada realização particular, a fim de observar as suas possíveis convergências e divergências. Na última etapa, poderemos considerar a estética de cada obra à luz das atualizações plásticas e das integrações entre elas com outros patamares temáticos. Conseguiremos, finalmente, entender a pertinência e a particularidade de “Striptease” como obra com vocação reflexiva a respeito da prática do raio-x artístico. [less ▲]

Detailed reference viewed: 71 (1 ULg)
Full Text
See detailStriptease em raio-x: algumas interrelações artístico-científicas no domínio visual.
Sturnack, Lionel ULg

Conference (2012, March 28)

O striptease que propomos analisar é na verdade o título de uma obra que pertence à produção da artista italiana Benedetta Bonichi. Trata-se de uma composição mista, a meio caminho entre os raios-x e a ... [more ▼]

O striptease que propomos analisar é na verdade o título de uma obra que pertence à produção da artista italiana Benedetta Bonichi. Trata-se de uma composição mista, a meio caminho entre os raios-x e a fotografia. “Striptease” constitui uma base analítica interessante para várias razões. Com certeza, por seu caráter surpreendente, sendo uma cena erótica e ao mesmo tempo uma radiografia. Mas também e sobretudo por sua estética particular em relação aos outros artistas que desenvolvem uma técnica similar. Uma parte do nosso estudo consistirá na abordagem indispensável mesmo que breve das realizações de quatro outros artistas que trabalham com os raios-x. O propósito de nossos passos é levar em consideração o lugar da obra estudada no espaço de realizações em raio-x artístico, numa perspectiva semiótica. Pretendemos desta maneira chegar à descrição fina de “Striptease”, ou seja, conseguir por um lado estabelecer os critérios sobre os quais se correlacionam e se diferenciam os raios-x artísticos vistos e, por outro lado e graças à primeira etapa, dar conta da riqueza da obra da italiana. Desenvolveremos o estudo segundo três etapas gerais. Com a primeira, efetuaremos uma descrição de “Striptease” segundo os três eixos da leitura plástica padrão, tal como foram trabalhados por Jean-Marie Floch: cromático, eidético e topológico. Na segunda etapa, adotaremos o mesmo ponto de vista para a descrição plástica de cinco obras de quatro outros artistas: Nick Veasey, a agência Butter, Wim Delvoye e Claudio Mubarac. O interesse da segunda parte consiste em mostrar que o tipo de descrição estabelecido para “Striptease” vale nos outros casos e como se atualizam as unidades plásticas em cada realização particular, a fim de observar as suas possíveis convergências. Na última etapa, poderemos considerar a estética de cada obra à luz das atualizações plásticas e das integrações entre elas com outros patamares temáticos. Conseguiremos, finalmente, entender a pertinência e a particularidade de “Striptease” como metalinguagem crítica por meio destas considerações temáticas e plásticas. [less ▲]

Detailed reference viewed: 29 (2 ULg)
Full Text
See detailAnálise semiótica das relações entre imagens e discursos em astrofísica
Sturnack, Lionel ULg

Conference (2011, October 03)

Este trabalho considera um caso particular de relação entre as imagens e os textos nas ciências ditas “exatas”. A relação que pretendemos abordar é o vínculo que existe entre as chamadas imagens simples ... [more ▼]

Este trabalho considera um caso particular de relação entre as imagens e os textos nas ciências ditas “exatas”. A relação que pretendemos abordar é o vínculo que existe entre as chamadas imagens simples ou imagens compostas e suas legendas, num corpus restrito de artigos da área de pesquisas em astrofísica. A principal questão deste estudo consiste em analisar as modalidades de articulação entre dois tipos de expressão que fazem parte de semióticas diferentes, ainda que relacionadas entre si. Neste caso, questionaremos a relação entre texto e imagem em um contexto peculiar, já que o propósito é de analisar a determinação acabada de uma imagem, ou seja, sua legenda. Além disso, esta apresentação pretende considerar dois tipos de articulações, analisando duas inscrições discursivas que pertencem a dois gêneros distintos: o artigo científico e o artigo de vulgarização. Assim, demonstramos um duplo interesse. Por um lado, desejamos entender as articulações específicas entre texto e imagem em um determinado gênero. Por outro lado, este breve estudo propõe insistir sobre a necessidade de um estudo mais geral e mais sistemático das relações variáveis entre as imagens e os discursos de que uma ciência se utiliza para se constituir. [less ▲]

Detailed reference viewed: 53 (10 ULg)